Seja bem-vindo ao Gossip Girl Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre Gossip Girl e seus atores. Aqui você encontrará informações e conteúdos interativos sobre a série, além de todas as notícias acerca da vida pessoal e profissional do elenco, com seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos de alta qualidade. No ar desde 2013, o GGBR busca manter viva a memória de Gossip Girl e reunir os fãs do show que ainda hoje são apaixonados pelo universo da série! Você também ficará por dentro de tudo sobre a nova versão de Gossip Girl, lançada pela HBO Max. Esperamos que vocês se divertiram com todo o conteúdo do site, desfrutem das fotos da galeria e voltem sempre!

Penn Badgley entendeu completamente porque Joe Goldberg, de “You”, continua cometendo assassinatos.

O ator passou muito tempo recentemente tentando convencer o público de que Joe é um cara mau, que você não deve apoiar seus esforços e que perseguir não é algo bonito.

Na maioria das vezes, ele se saiu muito bem, já que suas respostas aos fãs que pediam a ele para “me sequestrar, por favor” garantiram a todos que não, você não quer ser perseguido por um cara como esse.

Ainda assim, as pessoas são fascinadas pelo personagem de Badgley. Mulheres mais ainda, sem surpresa.

O ator disse ao New York Times que acha que isso ocorre em parte porque as mulheres são atraídas pela boa aparência de Joe, mas também porque entendem o que ele representa e, por sua vez, ficam menos chocadas com isso.

“Na minha experiência, tendem a ser os homens que ficam mais horrorizados com Joe”, disse ele.

“Vou arriscar e me perguntar se isso é porque não é uma ideia nova para as mulheres. Ele é como um pesadelo que você teve repetidamente, enquanto os homens ficam tipo, “Isso não é real!”, as mulheres dizem: “Claro que não é real, mas é extremamente representativo de alguma coisa”.

“Se alguém, exceto um jovem branco, se comportasse como esses personagens se comportam, ninguém aceitaria.”

Badgley disse que, para ele, bancar o Joe é um meio de destruir o privilégio masculino branco que permite que tais homens cometam crimes hediondos.

Mas, até então, o personagem atuará como um espelho para uma sociedade que permite que isso aconteça de qualquer maneira.

“Acho que o que ele deveria ser é uma personificação e um retrato de nossas partes que não conseguem escapar de torcer por Joe”, disse ele.

“Em uma sociedade mais justa, todos veríamos Joe como problemático e não estaríamos interessados ​​na série, mas essa não é a sociedade em que vivemos.”

Fonte: Her

Tradução & Adaptação: Equipe GGBR

deixe seu comentário






layout desenvolvido por lannie d. - gossip girl Brasil